Estou de VOLTA!


Por motivos pessoas e por diversos dele eu parei de escrever aqui, mas estou entrando em uma fase tão gostosa da minha vida, tão perfeita e tão sonhada que não posso deixar de relatar, por mais que só eu leia.

Já comentei que eu havia me mudado da casa do meu pai pra morar com meu noivo, que era meu namorado apenas, porém dividíamos a casa com a irmã dele, mas como minha avó sempre diz “Quem casa quer casa” e esse é um ditado que é mais verídico do que tudo, e agora vamos para nossa casinha, mas lá poderemos decorar com nossa cara com nosso jeito e o melhor como sempre sonhei *—*

Depois irei liberar algumas fotos de como está ficando.

ANSIOSA >.<

weddingchicks-download-1390607515

Decorando o Cafofo


E como já dizia meu pai “Quem casa, quer casa” e quem quer casa, quer decorar rs’ Acho que é uma das partes mais gostosa de casar, afinal você monta seu cafofo com a cara do casal. E fuça um lugar e outro encontrei uma página no facebook, “Minha Casa” que me deixou boquiaberta e cheia de idéias, abaixo segue umas fotos que eu simplesmente adorei.

10376722_876269615721014_8939418972284163884_n10479589_876269625721013_7378179706294434370_n

Eu não sou do tipo muito clássica, gosto de cores, formas e muita arte, portanto essa e outras decorações me caticavaram

10418277_876235669057742_2780596229832689450_n

 

10516794_876268889054420_4018176962231937428_n

E se possível  muitas molduras de de quadros fotográficos e adesivos (sem exageros claro), mas fotografias na minha opinião, tem um valor inestimável  afinal, não é todo dia que vivemos o mesmo dia.

Essa page, é pra todos os gostos, dos mais clássicos, aos mais ousados

10489729_876268855721090_5222828437564431885_n
10511251_876268862387756_7167156432167650908_n

 

Por: Thaísa Nascimento

 

Virando gente grande


As vezes paro e penso “Poxa, eu sinceramente não sabia o que era viver”, afinal, minhas maiores preocupações eram entregar trabalhos escolares na data certa, cumprir meu dever como filha, tinha minhas simples obrigações dentro de casa – arrumar meu quarto, lavar uma louça e coisas do tipo – eu não fazia noção do valor do dinheiro, afinal eu nunca precisei custear nada, sempre fui muito dependente do meu pai pra tudo, nunca me preocupei com valor de nada, o único dinheiro que eu ganhava, fazendo um bico ou outro eu nem sei com que gastava, de tão desnecessariamente que eu gastava o dinheiro kk ATÉ, eu passar a ser namorida rs’ ou seja, morar junto.

tumblr_l8xk0ggmbl1qdvd50o1_500_large

Quando se mora junto, passa a acarretar mais responsabilidade, ou seja contas a pagar, a sobrevivência não é mais docinhos , isso serve pra qualquer pessoa que passe a não depender mais dos pais em nenhum aspecto.
Aluguel (pra quem paga – o que eu acho que mais quebra as pernas rsss), água, luz, internet, e compras… As contas básicas, porém falando dessa forma, até parece ser um bicho de 7 cabeças, também não é uma coisa terrível, dá para viver, só que com mais responsabilidades e exige um pouco de consciência nas ações.
Algo que você não vai poder fazer no ínicio é extrapolar em futuras contas que você não poderá arcar, ou coisas que você não tem necessidade no momento, com um equilíbrio todo mês, e quem sabe ajuntando uma quantia, você conseguirá viver de luxo. No começo que é mais um pouco complicado, por que tem que comprar móveis ou até de fato se estabilizar, depois, tudo vai se ajeitando, claro, desde que haja um controle

Quando as contas estão pagas, dá aquele gostinho de “Poxa, tô virando gente grande”.
E por incrível que pareça de certa forma é meio prazeroso ter essas responsabilidades, daí ganha-se amadurecimento, e auto confiança, mesmo você dividindo contas ou não.

Enfim, crescer tem lá suas vantagens.

Por: Thaísa Nascimento
Instagram AQUI

Eu respondi SIM


Acordei a tua mais fiel namorada, em um dia comum, feriado de corpus Cristi, tínhamos alguns planos para fazermos mas nada que me fizesse pensar que dali a diante tomaríamos alguma decisão. Fizemos o que tinha que ser feito, e de lá formos passear um pouco do Pq Vila Lobos, assistimos algumas apresentações culturais (afinal é o que adoro rs’) DSC00147 Depois demos uma andada, rimos, brincamos, pulamos pra vê se o frio passava e assim foi, como um dia comum de passeio como qualquer outro. Mas como todos os dias, seus olhinhos de pinguim me fascinavam… Andamos mais um pouco e paramos para o momento: POSES PARA AS FOTOS. Vouálá para os modelos kkkk  juntos, ou o famoso “selfie” rs’ 10354753_321890024626625_7954798243769208656_n “Brincadeiras e sorrisos que só a gente entende”, conversa vai e conversa vem sou deparada com a seguinte pergunta: “Você teria coragem de casar comigo?” Mais oras, não sou ‘casada’? Ou pelo menos quase? Afinal temos uma vida de casa. “Não, Não! De verdade, no papel, colocando sonhos em prática, filhos, família…” “Até que não é uma má ideia, mas depois da faculdade né mor?” “Claro, mas e agora, você quer noivar comigo? Mais noivar agora?” 10342394_321900537958907_6892633454094761615_n Oh céus, como estes olhinhos brilharam pra mim, como eles refletiram uma imensidão de anseios, de verdades, de vontades. Como se passaram segurança e como disse tanto, mas sem pronunciar uma única palavra? Como entender essa nossa cumplicidade? Como explicar e qualificar na intensidade da forma que estamos seguindo? O texto ta ficando longo eu sei, mas são tantas coisas a serem ditas, tantas palavras a serem pronunciadas, mas deixe por conta da nossa troca de olhares e sorrisos.

Acordei a tua mais fiel namorada, e dormirei nos próximos dias como a tua mais confidente e companheira noiva, para que por fim, se assim da vontade de Deus for, ser a mãe de um pimpolho e então assim ser a tua (módestia parte) digníssima esposa.

Não repare a unha, estava despreparada rsrs

Não repare a unha, estava despreparada rsrs

Nunca me cansarei de te agradecer por cada coisa que você vem me dando meu pinguim. Obrigado pelos risos, pelas brincadeiras, pelas sinceridade, pelos passeios, e por muita das vezes me mimar rs’

10330245_796422273723688_1791416472106828842_n

Por: Thaísa Nascimento Instagram clique AQUI