Estou de VOLTA!


Por motivos pessoas e por diversos dele eu parei de escrever aqui, mas estou entrando em uma fase tão gostosa da minha vida, tão perfeita e tão sonhada que não posso deixar de relatar, por mais que só eu leia.

Já comentei que eu havia me mudado da casa do meu pai pra morar com meu noivo, que era meu namorado apenas, porém dividíamos a casa com a irmã dele, mas como minha avó sempre diz “Quem casa quer casa” e esse é um ditado que é mais verídico do que tudo, e agora vamos para nossa casinha, mas lá poderemos decorar com nossa cara com nosso jeito e o melhor como sempre sonhei *—*

Depois irei liberar algumas fotos de como está ficando.

ANSIOSA >.<

weddingchicks-download-1390607515

Anúncios

Morar junto é bom?


Antes de morar junto com meu namorado, o meu maior medo era: “Como vou conseguir, dormir, acordar e conviver olhando pra uma mesma cara?”, minha maior duvida era: “Como suportarei a conviver com a rotina? Aquela rotina que todos tanto falam mal” mas de fato eu só tinha esses pensamentos porque eu ainda não sabia o que era gostar pra valer amar.

Briguinhas de fato sempre existem e sempre existirão, afinal, é difícil lidar com o ser humano, mas existem compensações e riquezas que completam qualquer desentendimento. Cada sorriso, brincadeira nova, o dormir e o acordar, preenche cada espacinho que faltam dentro do coração. Não é exagero algum.

Hoje amo dormir e acordar com meu pinguim, me sentir protegida por ele, quando no meio da madrugada me sinto envolta de seus braços quentes e tão seguros.
Amo esquentar meus pés juntamente ao dele, amo ter que dormir, recebendo seu carinho.

Não abro mão, não abro mão por uma cama box totalmente minha, não abro mão para viver uma vida sozinha, não abro mão da rotina.
Isso mesmo, não abro mão da rotina, afinal, simplesmente a mascararam como o maior vilão do relacionamento. Mas, afirmo, nos damos muito bem com ela.

Acordamos juntos, quase sempre nos arrumamos juntos pela manhã, ele para ir trabalhar e eu para estudar. A noite aguardo pela sua chegada para comermos juntos e depois assistir filmes, ou mais um capítulo da série que estamos assistindo atualmente Prison Break, se bem quem nem sempre seguimos esta lista, afinal, ainda reservamos um tempinho para sair, ele fazer academia, e eu estudar, ou simplesmente passear.

Viram? Morar juntos, não é um bicho de 7 cabeças, mesmo tendo algumas responsabilidades a mais.
Morar junto é dividir e acrescentar tudo com uma pessoa que você escolheu, para dividir suas maiores alegrias e tristezas, a pessoa que mesmo te estressando as vezes, é a mesma que tem o poder de te fazer feliz, e lhe proporcionar os melhores momentos e flash’s.

Olha 'cê' me faz tão bem... (8'

Olha ‘cê’ me faz tão bem… (8′

 

Por: Thaísa Nascimento

Mudanças


Há mudanças que vem para males, há mudanças que vem para o bem e que vem para nosso crescimento e amadurecimento.

Nem todas as mudanças são fáceis de serem lidadas, principalmente quando mudam nossa rotina, ou quando nos pega de surpresa, ou simplesmente quando não acontecem no tempo que foi planejado.

Recentemente passei de namorada para namorida. Já tínhamos planos, mas que não era pra vivermos nesse momento, queríamos uma estabilidade financeira e eu de fato concluir todos meus estudos e focar este ano em meu projeto, Enem,  enfim… Porém quando as coisas tem que acontecer (tenho isso sempre comigo) acontece, independente se nos julgamos ou não preparados para isto.

Aos poucos que ficaram sabendo criticaram, só que o apoio maior obtive, que foi do meu pai e dias depois da minha mãe.
Embora eu tivesse um pouco receosa mais ao mesmo tempo ansiosa com a novidade, nada fez o amor, as brincadeiras e os risos fáceis diminuírem e só nos faz ter a certeza que esse amor de pinguim queremos perdurar para toda a vida, e a partir de hoje ganharemos mais uma categoria #MorandoJuntos , #ivendoSonhos (indecisa quanto a que nome dá kk)

 

 

Meu riso é tão feliz contigo

Meu riso é tão feliz contigo

Por: Thaísa Nascimento