Reparando erros


Pra quem namora, ou pra quem namorou, sabe que não é tudo um mar de rosas, tem lá seus espinhos, afinal, o namoro é constituído principalmente de conhecer seu parceiro, dos defeitos a gostos, então não tem como não haver os tropeços e erros, e pra você que quer quitar a divida com seu namorado(a) como pedidos de desculpas, separei uma ideia a qual será uma pequena ajuda para reparar algumas brigas.

É ideia é a seguinte:
Será necessário um cofre que tenha cadeado, T2LrPDXexXXXXXXXXX_!!105048724e você escrevera em forma de carta, os erros a qual você quer reparar, segue uma lista de sugestão:

 Sabe amor, eu errei muito com você.
E olha a minha divida:
1. O beijo que não correspondi;
2. A desculpa que não pedi;
3. O abraço que não dei;
4. O carinho que renunciei;
5. Os pedidos que não atendi;
6. A mensagem que não enviei;
7. O presente que atrasei;
8. O passeio que não pude ir;
9. Os desentendimentos que provoquei;
10. Os desejos que não realizei;
11. Aquele sono seu na madrugada interrompido por minha ligação;
12. O cartão que esqueci;
13. A conversa que não continuei;
14. O medo que senti;
15. As coisas que não falei;
16. Os ciúmes que exagerei;
17. Os telefonemas que não atendi;
18.Os sorrisos que não dei;
19. As lagrimas que derramei;
20. A insegurança que eu senti;
21. As tpm’s que você aguentou;
22. As vezes que não te ouvi;
23. As vezes que não te ajudei;
24. As vezes que não estive ao seu lado quando precisou;
25. As vezes que não te dei atenção;
26. As crises que tive…
27. As vezes que te magoei;
28. As vezes que te fiz chorar;
29. As vezes que passamos dias brigados;
30. As vezes que fui ignorante;
31. As vezes que briguei sem razão;
32. As vezes que fiquei sem falar com você;
33. As vezes que perdi a paciência;
34. Os atrasos que tive;
35. As vezes que te ignorei;
36. As vezes que fui egoísta;
37. As vezes que deixei de fazer o que te agrada;
38. As vezes que eu te provoquei;
39. As vezes que fui injusta com você;
40. A forma como te tratei quando eu estava com raiva;
41. As vezes que descontei minha raiva em você;
42. As minhas inseguranças;
43. As minhas dúvidas;
44. As vezes que não te correspondi a alturas;
45. As vezes que fui ingrata;
46. As horas/dias que ficamos longe;
47. Os gestos simples ignorados;
48. A falta de cumplicidade;
49.As vezes que negligenciei nosso namoro;
50.Os momentos que tivemos juntos que eu não valorizei;
51. As cartas que não escrevi;
52. Os momentos de incompreensão minha;
53. As palavras que falei que foram injustas;
54. As acusações que fiz sem fundamento;
55. As exigências que fiz com exagero;
56. As vezes que te decepcionei;
57. As vezes que deixei de estar com você para fazer outras coisas;
58. As vezes que fui imatura;
59. As vezes que fui chata;
60. As vezes que fui infantil;
61.As vezes que não te compreendi;
62. As vezes que achei que você não me amava;
63. As vezes que fiz você estar em algum lugar que não queria ir;
64. As vezes que chamei você pelo seu nome e você não gostou;
65. E por fim, a demora que tive em te encontrar e te trazer pra minha vida
Eu passei (Tanto tempo) juntando as minhas economias para conseguir te pagar.
Aqui está a chave do meu cofrinho.

E dê a chave, pode ser na própria carta.
Isso é basicamente uma forma de mostrar que você reconheceu seu err0 e sua parcela de culpa nas brigas…

Por: Thaísa Nascimento

Obrigada por partilhar sua idéia

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s